O programa Ciências sem Fronteiras está com a primeira chamada aberta para envio de propostas de projetos para pesquisadores visitantes

A chamada para pesquisador visitante especial – PVE tem como objetivo o apoio financeiro a projetos de pesquisa que visem – por meio do intercâmbio, da mobilidade internacional e da cooperação científica e tecnológica – promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade do país. Especificamente, visa fomentar o intercâmbio e a cooperação internacional por meio da atração de lideranças internacionais que tenham destacada produção científica e tecnológica nas áreas contempladas pelo Programa Ciência sem Fronteiras (veja o quadro).

 

O pesquisador indicado para a bolsa PVE deve possuir título de doutor. A duração da bolsa é de dois a três anos, com permanência mínima no Brasil de 30 dias e máxima de 90 dias por ano de projeto, em estadias contínuas ou não.

A bolsa inclui mensalidade no valor de R$ 14.000, auxílio à pesquisa no valor de até R$ 50.000 por ano de projeto; auxílio-deslocamento com valor máximo correspondente a três trechos de ida e volta por ano de projeto; cota adicional de bolsa de doutorado-sanduíche no exterior, de até 36 meses, para acompanhar as pesquisas do pesquisador visitante especial em sua instituição de origem, desde que solicitada no Formulário de Proposta Online e prevista no projeto de pesquisa. 

As propostas para a bolsa Pesquisador Visitante Especial deverão ser apresentadas em uma das linhas abaixo indicadas:

- Linha 1: propostas institucionais vinculadas a programas de pós-graduação no Brasil, recomendados pela Capes, de instituições de ensino superior ou de centros e institutos de pesquisa e desenvolvimento, públicos ou privados.

- Linha 2: propostas vinculadas às Unidades de Pesquisa do MCTI, aos Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia do CNPq ou aos grupos de pesquisa coordenados por pesquisadores bolsistas de produtividade em pesquisa ou em desenvolvimento tecnológico e extensão inovadora (DT), categoria 1 ou 2 do CNPq.

Todas as propostas devem ser apresentadas sob a forma de projeto e encaminhadas exclusivamente via internet por intermédio do Formulário de Proposta Online.

Há três cronogramas para envio de projetos este ano: o primeiro tem como data-limite de submissão 20 de maio de 2013 para vigência de projetos entre agosto e outubro de 2013; o prazo final da segunda chamada é 19 de agosto de 2013, para projetos a serem iniciados entre novembro de 2013 e janeiro de 2014; e o da terceira chamada é 1º de novembro de 2013, com vigência entre fevereiro e abril  de 2014.

Inscrições e mais informações, acesse: http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/web/csf/pesquisador-visitante-especial1

Source: 
http://www.comunidadefb.com.br/web/index_not.php?p=12097