Instituições brasileiras se reunirão em Paris para debater sobre o Ciência sem Fronteiras e participar de evento

 

No mês que vem, mais de 15 universidades e 5 institutos federais de tecnologia brasileiros irão à França com o apoio da CAPES e da Embaixada da França.

Reuniões com universidades francesas sobre o programa Ciência sem Fronteiras estão na programação da comitiva brasileira. O objetivo desse encontro é oferecer as melhores condições aos bolsistas brasileiros na França e ampliar a oferta de bolsas.

Além disso, o Brasil é o país convidado do evento Rencontre Universités-Entreprises - R.U.E. 2012, que acontece em Paris nos dias 15 e 16 de março. O evento reúne universidades e empresas que irão divulgar projetos de inovação tecnológica e programas de estágio.

Em acordo com os ministérios brasileiros de Educação (MEC) e de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), a França se comprometeu a abrir 10 mil vagas para estudantes brasileiros em seus cursos de graduação. Esse número deve aumentar, já que uma nova negociação prevê mais 2,5 mil bolsas de doutorado. 

As relações universitárias entre a França e o Brasil são históricas e muitos convênios favorecem o intercâmbio de estudantes e pesquisadores entre os dois países. Assim, a França, que já era o país que mais recebia bolsistas brasileiros, trabalha em colaboração com a CAPES e o CNPq para garantir o crescimento e a qualidade dessa parceria.

Os primeiros bolsistas de graduação do Programa Ciência sem Fronteiras chegam à França em julho para o curso de francês intensivo. O programa informou que recebeu 1.983 candidaturas para esse primeiro edital com a França e a CAPES deverá comunicar a lista dos pré-selecionados no dia 27 de abril.

Em breve neste site você poderá conhecer a lista das universidades francesas que receberão os bolsistas brasileiros.