Os exames DELF e DALF distinguem-se do TCF e do TEF por emitirem diplomas de língua francesa, ao passo que os outros dois emitem atestados.

  • Exames DELF e DALF
    Os interessados devem fazer uma pré-avaliação do seu conhecimento em língua francesa, analisando o conteúdo, programa e modelos de provas para então se inscrever para o nível que acredita ter chance de aprovação. Quando aprovado, o candidato receberá o diploma que é permanente, ou seja, não expira com o tempo. Não é possível refazer um exame no mesmo nível de diploma para melhorar as notas.
  • Exames TCF e TEF
    Os testes são como uma avaliação de nivelamento; em função dos pontos ou das notas obtidos em cada competência, há a indicação do nível correspondente, baseado no Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas (CECR). Eles não aprovam nem reprovam, apenas mostram o desempenho do candidato em cada prova. Os atestados emitidos têm prazo de validade de 1 ou 2 anos.

No Brasil, os exames são aplicados pela Aliança Francesa e servem, aos interessados em estudar na França, como um comprovante de proficiência na língua francesa (o nível mínimo requisitado varia conforme o curso).