Assistência médica e seguros > Brésil
 
.O seguro social permite que os estudantes estrangeiros sejam beneficiados por uma cobertura social durante seus estudos na França. O seguro costuma reembolsar uma parte das despesas de saúde e, para aumentar a quantia do reembolso, o estudante pode se inscrever em uma “complémentaire santé” ou em uma “mutuelle”.

Como consultar um médico?

Nas próprias universidades existe um serviço de saúde chamado Service universitaire de médecine préventive et de promotion de la santé (SUMPPS). Algumas consultas são gratuitas, sobretudo para contracepção, exames, vacinação, nutrição ou acompanhamento psicológico.

Você pode encontrar as coordenadas de um médico e agendar uma consulta online com ele através do site doctolib.fr

Caso você possua dúvidas sobre sexualidade, relações sexuais ou métodos contraceptivos, dirija-se ao Planning Familial, associação que oferece consultas gratuitas e confidenciais. As mulheres podem obter prescrição de um método contraceptivo que lhes convenha e obter pílula do dia seguinte, em caso de necessidade. O Planning Familial possui postos espalhados por toda a França.

Aqui estão alguns telefones que é preciso conhecer:

112, é o número europeu de urgências
15 é o número do SAMU (Service d’Aide Médicale Urgente)
18, é o número dos bombeiros
E 36 24 é o número de urgência para que um médico se desloca para onde você está, caso você esteja incapaz de se locomover. Este um serviço disponível todos os dias, 24 horas.

Como possuir uma cobertura social?

securité sociale na França é correspondente ao INSS no Brasil. Desde junho de 2018, está acontecendo uma reforma no sistema de proteção social estudante. O objetivo dessa mudança é que não haja mais uma securité sociale específica para estudantes, mas sim um único tipo de securité, válida para todos aqueles que habitam em solo francês.

Para entender melhor como proceder para solicitar a securité sociale, verifique em quais dos casos abaixo você se enquadra:

Você é um estudante europeu

Você não possui nenhuma burocracia para realizar se você possui uma carteira europeia de seguro saúde: você continuará a utilizá-la para ter acesso ao sistema de saúde francês. Portanto, se você possui nacionalidade de um país pertencente à União Europeia, Islândia, Liechtenstein, Noruega ou Suíça, e possui essa carteira, você está assegurado, independentemente da data em que seus estudos na França irão começar.

Se você é um brasileiro com nacionalidade europeia e não possui a carteira europeia de seguro saúde, é recomendado que, antes de partir para a França, você contrate um seguro viagem que cubra eventuais despesas médicas durante os primeiros meses de sua estadia em solo francês. Você também pode contratar uma seguradora particular e, caso queira beneficiar da securité sociale, você deve se inscrever no site etudiant-etranger.ameli.fr e anexar os documentos solicitados, dentre os quais:

- documento de identidade (de preferência um passaporte)
- comprovante de inscrição em um estabelecimento de ensino superior no ano letivo em vigência
relevé d’identité bancaire (RIB), obrigatório, e que deve ser obtido no banco em que você abrir sua conta em solo francês
- uma cópia da certidão de nascimento/ casamento
- um formulário preenchido pelo organismo de proteção social do seu país de residência disponível no site www.ameli.fr
- comprovantes de renda

Eu posso beneficiar da carteira europeia de seguro saúde (CEAM)?

Os estudantes que possuem nacionalidade de um país da União Europeia, Islândia, Liechtenstein, Noruega ou Suíça, normalmente, podem solicitar uma carteira europeia de seguro saúde. Eles não precisam, portanto, se inscrever no seguro social francês.

Você é um estudante não-europeu, e você iniciará seus estudos na França em 2018 ou mais tarde

*É importante lembrar que você só pode beneficiar do seguro social francês se você possui um visto VLS-TS (Visa long séjour valant titre de séjour). Além de possuir este tipo de visto, você deve:

1) Validar seu visto em solo francês
2) Fazer sua inscrição em um estabelecimento de ensino superior francês

Depois disso, você deve se inscrever no regime geral de seguro social francês. A inscrição é gratuita, online, e você pode fazê-la por meio do site de seguro saúde dedicado a estudantes estrangeiros: www.etudiant-etranger.ameli.fr, disponível a partir de setembro de 2018). Os documentos necessários serão:

- passaporte com visto validado pela OFII
- comprovante de inscrição em um estabelecimento de ensino superior no ano letivo em vigência
relevé d’identité bancaire (RIB), obrigatório, e que deve ser obtido no banco em que você abrir sua conta em solo francês
- uma cópia da certidão de nascimento/casamento
- comprovantes de renda

Se preferir, você também pode contratar uma seguradora particular.

IMPORTANTE: Para cobrir o período entre a data da viagem para a França e a matrícula na sécurité sociale todos os estudantes devem, independente de idade e tipo de curso que irão realizar, contratar um seguro privado de viagem (cobertura mínima de 30 mil euros).

Nossos conselhos

Existem alguns acordos entre o seguro saúde francês e o seguro saúde de outros países. Para mais informações, consulte a lista dos países abrangidos

Consulte nosso artigo sobre os primeiros passos a realizar após sua chegada na França a fim de se organizar com antecedência

Como ter suas despesas médicas reembolsadas?

É o seguro social e a mutuelle (se você possuir uma) que reembolsarão suas despesas. Para acompanhar seus reembolsos e obter informações, crie uma conta em ameli.fr

Como se inscrever em uma mutuelle?

A escolha se se inscrever ou não em uma mutuelle é livre, apesar de fortemente recomendado. Cabe a você, estudante, realizar os trâmites necessários. Solicite um orçamento e compare as ofertas. Você pode fazê-lo junto a:

- diferentes mutuelles
- companhia de seguro
- bancos

Nosso conselho:

Certifique-se de que a mutuelle que você escolherá oferece uma responsabilité civile valide para sua vida privada e sua vida estudantil. Assim você está assegurado em seu local de estudos e em seu estágio.  

Onde contratar?

No Brasil, o seguro de viagem pode ser feito em seguradoras privadas (bancos);como complemento ao plano de saúde; ou em agências de viagens e intercâmbio especializadas no público estudantil, tais como as agências da Belta.

Seguros

Seguros obrigatórios

  • Seguro de responsabilidade civil

Cobre danos causados a terceiros em caso de acidente. Pode ser contratado nas companhias francesas privadas de seguro. As mutuelles também costumam abarcar a responsabilidade civil, no caso de você optar por contratá-las (ver informações abaixo).

  • Seguro multirisco-residência

Uma residência deve obrigatoriamente possuir um seguro contra roubo, incêndio, inundações, etc. Esse tipo de seguro pode ser contratado nas companhias francesas privadas de seguro ou no banco francês em que você abrir uma conta. O valor é de aproximadamente 60 € por ano.

Seguros complementares

  • Seguro de repatriamento

Seguro não obrigatório, mas fortemente recomendado para os estudantes estrangeiros. Ele pode constar na lista de exigências da Prefeitura para a solicitação da carte de séjour (carteira de residente provisório). Esse seguro pode ser contratado nas companhias francesas privadas de seguro.

  • Seguro de automóvel

Na França, todo veículo (bicicleta, mobilete, carro, etc) deve possuir um seguro. Este seguro pode ser efetuado nas companhias privadas de seguro. O custo varia conforme o tipo de veículo.